O airbag é um item obrigatório em todos os veículos do Brasil desde 2014. O equipamento de proteção é fundamental para a segurança de motoristas e passageiros em casos de acidentes de trânsito.

banner app zul+ seu carro mais completo

Porém, apesar de muitos motoristas já conhecerem este sistema de segurança, poucos realmente sabem como ele funciona ou quais são os principais tipos de airbag que se podem encontrar hoje em dia.

Pensando nisso, o time do Zul+ preparou este post. Aqui, você vai aprender quais são os tipos de airbag e como ele funciona.

O que é um airbag?

Os airbags são, como o nome já diz, bolsas de ar que, quando ocorre um impacto, se inflam e evitam que o motorista e os passageiros de um carro tenham contusões mais graves. Isto ocorre porque o sistema amortece o impacto, que seria muito maior se, ao invés das bolsas de ar, ocorresse contra o volante ou os painéis do veículo.

Vai viajar? Veja quais itens você deve revisar no seu carro no check-up antes de pegar estrada.

Como os airbags funcionam?

Os sistemas de airbag possuem três partes para que seu funcionamento ocorra de forma correta:

  • Bolsas de ar;
  • Sensores;
  • Sistema de insuflação.

Quando o veículo sofre com uma desaceleração brusca, os sensores identificam e enviam um aviso para um ignitor de gerador de gás, que é responsável por inflar a bolsa de ar.

Ao inflar, o airbag é empurrado para fora do seu local de armazenamento a fim de receber o impacto das pessoas. Para amenizar esta colisão, a bolsa começa a se esvaziar através de furos na sua parte traseira.

Isso ocorre porque, caso a bolsa permanecesse cheia, a força do impacto seria a mesma se comparada com uma colisão com os painéis do carro.

Porém, para que o funcionamento do sistema seja o correto, é preciso que os ocupantes do veículo estejam sentados adequadamente e com os cintos de segurança.

No caso do motorista, é recomendado que se dirija a uma distância média de 25 centímetros do volante e com as mãos posicionadas nas laterais do volante. Para o passageiro, é fundamental não andar com os pés sobre o painel e com o corpo a pelo menos 40 centímetros de distância do painel.

Os freios também são itens muito importantes para a segurança dos passageiros do veículo. Acesse nosso blogpost sobre as pastilhas de freio e saiba quando a troca deve ser realizada.

Quais são os principais tipos de airbags?

Existem muitos tipos de airbags. Alguns desses, inclusive, sequer são utilizados no Brasil. Confira abaixo os principais tipos de airbags.

  • Frontal: este é o mais utilizado e conhecido tipo de airbag. Ele é obrigatório em veículos fabricados no Brasil desde 2014. Sua proteção é para a cabeça e peito do motorista e do passageiro do banco da frente, evitando que haja a colisão com o volante ou o painel;
  • Lateral: pode ser encontrado apenas na frente ou em toda a parte lateral do veículo. Ajuda a proteger a cabeça e o corpo de impactos;
  • Cortina: este tipo se caracteriza por estar presente em toda a lateral do veículo e visa evitar que os ocupantes sejam atingidos por cacos de vidro;
  • Para joelhos: como o nome já diz, este tipo de airbag é utilizado para evitar o impacto dos joelhos do motorista com a coluna de direção;
  • Central: este modelo se encontra entre os bancos dianteiros do veículo. Sua função é evitar que o motorista e o passageiro se choquem um com o outro após uma colisão;
  • Para vidro traseiro: a fim de evitar que os passageiros traseiros sejam atingidos por cacos de vidro, este airbag fica localizado atrás dos encostos de cabeça do banco;
  • De cinto: este é, na verdade, um cinto de segurança inflável. Sua função é diminuir o dano que o próprio cinto pode causar nas pessoas, principalmente em crianças;
  • De capô: localizado na base do para-brisa, busca diminuir o impacto de um pedestre com o capô e o para-brisa no caso de um atropelamento;
  • De teto: utilizado principalmente em veículos com teto solar, tem a função de evitar que os ocupantes sejam atingidos por cacos de vidro ou sejam projetados para fora do carro.

Em abril de 2021, a cadeirinha infantil passou a ser obrigatória em crianças com até 10 anos. Veja essa e outras mudanças em nossa matéria completa sobre a Nova Lei de Trânsito no Brasil.

Como funciona a manutenção dos airbags?

Caso seu veículo tenha sofrido um acidente no qual os airbags foram acionados, será preciso substituir todo o sistema. Isso inclui as bolsas de ar, o volante, os painéis, os sensores, cintos de segurança e os cabos.

Porém, o sistema também precisa passar pela manutenção preventiva. Nos veículos mais modernos, uma luz acende no painel quando há alguma falha no sistema. Porém, no geral, as peças relacionadas ao kit airbag devem ser trocadas a cada 10 anos.

Desde de 2019, montadoras de todo o mundo realizam um recall para troca do airbag da Takata. De acordo com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), mais de 3,5 milhões de veículos foram afetados pelos airbags defeituosos no Brasil. Acesse nossso blogpost completo sobre recall automotivo e saiba mais sobre o assunto.

banner revisao zul+