A suspensão do carro é um dos principais componentes de segurança e conforto. Por conta disso, descobrir e reparar problemas rapidamente é de fundamental importância para todos que dirigem.

Pensando nisso, a equipe do Zul+ preparou um blogpost para te mostrar como identificar problemas na suspensão do carro e o que fazer para evitar que eles apareçam.

banner app zul+ seu carro mais completo

O que é a suspensão do carro e qual a sua importância?

A suspensão do carro é formada por um conjunto de componentes, como amortecedores, molas, braço oscilante, pivô de suspensão e barra estabilizadora. Ela é responsável por absorver os impactos causados pelas irregularidades do solo, garantindo que os quatro pneus estejam em contato com a superfície.

O sistema de suspensão do carro é fundamental para manter o veículo na pista, diminuindo as trepidações e garantindo o conforto do motorista e dos passageiros. Sem a suspensão, qualquer irregularidade iria, aos poucos, danificar o veículo, podendo causar acidentes sérios.

Veja o que você precisa revisar em seu veículo a cada 10 mil KM em nosso blogpost completo sobre conserto do carro.

Como identificar problemas na suspensão do carro?

Como dito anteriormente, a suspensão é responsável, também, pelo conforto dos ocupantes de um veículo. Desta forma, não é difícil perceber sinais de que o sistema do seu veículo pode estar danificado. Abaixo, preparamos uma lista de sinais que podem apontar para problemas na suspensão.

1) Instabilidade na direção

É possível notar o desgaste na suspensão, principalmente nos amortecedores, ao sentir pequenos trancos e instabilidade na direção. O desconforto no volante será evidente.

É provável você sentir maior dificuldade para manter o veículo na linha desejada ao fazer curvas, sendo necessário reduzir a velocidade. Além disso, a traseira pode acabar dando pequenas derrapadas nestas condições.

Confira 10 coisas para você nunca fazer em seu carro aqui.

2) Pneus com desgaste acentuado

Problemas na suspensão também podem resultar em um maior desgaste dos pneus. Isso ocorre porque pode ser preciso frear com mais intensidade para que o veículo pare totalmente.

Também é possível notar um desgaste irregular, já que um pneu acaba recebendo mais carga e, dessa forma, sofre com uma deterioração maior.

Descubra quando você deve trocar os pneus do carro em nosso blopgost completo sobre pneus.

3) Molas danificadas

Um dos principais componentes do sistema de suspensão, as molas não fazem nenhum barulho, o que pode dificultar a identificação de problemas. Portanto, é fundamental ficar atento a sinais de desgaste neste item, como perda de altura do veículo, pintura desgastada, ferrugens e até trincas.

Se as molas se romperem, elas podem atingir os pneus, podendo causar graves acidentes.

4) Rachaduras no monobloco

Se o monobloco, a estrutura física do veículo, sofrer com rachaduras ou trincas, é possível que ela tenha sido causada por algum dano no sistema de suspensão do veículo. O recomendado é ir até uma oficina mecânica de sua confiança para realizar um diagnóstico do problema.

5) Vazamentos

Os amortecedores do veículo possuem óleo em seu interior. Desta forma, vazamentos são sinais de que o sistema de suspensão pode estar danificado. 

Neste caso, é fundamental procurar auxílio profissional o mais rápido possível. Um amortecedor com vazamentos vai perder seu funcionamento rapidamente.

banner revisao zul+

Como prevenir danos na suspensão do carro?

Uma suspensão danificada, como dito anteriormente, pode afetar bastante a segurança do veículo. Desta forma, é importante prevenir forçar demais o sistema e, consequentemente, diminuir as chances de problemas. Para isso, algumas atitudes simples podem ser tomadas.

1) Evite passar por lombadas em alta velocidade;

A principal delas é evitar passar por lombadas ou buracos em velocidades altas. Sempre que encontrar estes obstáculos pela frente, o ideal é reduzir a velocidade para diminuir o impacto sofrido pelo sistema.

2) Alinhe e balanceie o seu carro;

Fazer o alinhamento e o balanceamento do veículo também pode ajudar a diminuir os danos na suspensão. Isso porque, ao fazer isso você mantém o veículo equilibrado, evitando um desequilíbrio e, consequentemente, evitando que determinado pneu ou amortecedor seja mais exigido.

3) Calibre os pneus a cada 15 dias;

Vale também se atebntar à calibragem dos pneus. Confira a pressão indicada para o seu veículo no manual do dono.

4) Evite o excesso de peso;

É comum que, ao viajar, sobrecarregue o veículo com excesso de malas e outras bagagens. Esta atitude é mais uma que acaba diminuindo a vida útil dos componentes da suspensão, além de danificar os pneus e aumentando o consumo de combustível.

5) Faça as revisões periódicas a cada 10 mil km.

Por fim, é imprescindível realizar a manutenção do veículo e a revisão periódica para que qualquer problema, não apenas na suspensão do veículo, possa ser encontrado e reparado o mais rápido possível.

baixe o crlv digital no app Zul+