Neste blogpost, a equipe do Zul+ mostra 10 coisas para você nunca fazer com o seu carro. Todas elas têm algo em comum: são pesadelos para a manutenção do veículo. Aqui nesta lista, você vai ver como o pé esquerdo apoiado na embreagem e a confusão entre os câmbios automático e manual podem custar muito caro.

Com o passar do tempo, dirigir se torna um reflexo. Você acelera, reduz, troca a marcha e faz tudo de novo. Porém, a prática em excesso leva todo motorista a arranjar algumas manias. E o problema disso é que essas manias podem acabar comprometendo a vida útil do seu veículo.

banner mulher sorrindo dentro do carro e celular no app zul+ com texto seu carro mais completo

No app Zul+, você já consegue começar a registrar o histórico de manutenção do seu carro e ficar por dentro do que precisa ser trocado ou revisado. Baixe o Zul+ no seu iPhone ou Android e tenha o app mais parceiro de quem dirige no Brasil. 

1. Andar com o motor frio;

Para iniciar essa lista das 10 coisas para você nunca fazer com o seu carro, não poderíamos começar com outra mania a não ser essa. Ligar o carro e sair andando não é nem de longe uma boa decisão. A temperatura baixa do motor e a falta de lubrificação levam ao desgaste prematuro dos componentes.

O motor de um carro foi desenvolvido para trabalhar em uma temperatura ideal, que varia entre 80°C a 100°C na maioria dos casos. Nessas condições, as peças internas do motor se dilatam, diminuindo o espaço para atrito. Com o motor frio, o pistão vai se mover de maneira mais bruta.

Além disso, o óleo do motor é muito importante para o funcionamento de um carro. Ao girar a chave para ligar o veículo, esse óleo começa a ser enviado para a parte de cima do motor (o cabeçote), onde ocorre a combustão. 

Porém, em um veículo que ficou desligado por algumas horas, todo esse óleo já teve tempo suficiente para escorrer para a parte de baixo do motor (o cárter). E para chegar até a parte de cima novamente leva alguns segundos.

Por esses motivos, é fundamental deixar o carro ligado por alguns minutos antes de pisar no acelerador.

Confira 10 cuidados básicos que você deve ter com o seu carro em nosso blogpost completo sobre o assunto.

2. Apoiar o pé na embreagem;

pe sobre o pedal da embreagem
Para o repouso, o motorista recuar o pé esquerdo para próximo do banco ou encostá-lo na área de descanso próxima a porta.

Manter o pé esquerdo sob o pedal da embreagem ou acioná-la durante a frenagem também pode sair bem caro. A embreagem só deve ser acionada no momento da troca de marcha. Pisar fundo no pedal em qualquer outra situação é desnecessário e leva ao desgaste prematuro do sistema. 

Um conjunto de embreagem tem total capacidade de aguentar 100 mil quilômetros. Porém, com o uso desmoderado do pedal, a troca será necessária bem antes desta marca. Um sinal de desgaste é a dificuldade de engate na primeira marcha.

3. Lavar o carro com uma bucha de cozinha ou pano de chão;

Para os apaixonados pelas quatro rodas, lavar o carro com uma bucha de cozinha ou um pano de chão chega até a ser um ato de violência. E se formos pensar na pintura e lataria do veículo, é realmente uma agressão por parte do proprietário.

Aqui no blog do Zul+, a gente já trouxe algumas dicas sobre como lavar o veículo. Neste post, o especialista em estética automotiva, Tarcísio Vaglieri, comenta da importância de produtos e utensílios próprios para a lavagem automotiva, como panos de microfibra e shampoos especiais. Para saber mais detalhes de como lavar o seu carro corretamente, acesse aqui.

Você sabia que já é possível economizar 99% da água gasta durante uma lavagem do veículo? Entre no nossa matéria completa sobre o assunto e entenda como funciona o método de limpeza automotiva ecológico.

4. Andar com o tanque na reserva;

Dirigir o carro com o tanque na reserva é um pouco arriscado. Você pode acabar no meio da rua e até ter problemas mecânicos bem sérios no veículo. O tanque vazio pode queimar a bomba de combustível do seu carro, já que ela necessita da gasolina ou etanol para o seu processo de resfriamento. O preço de uma peça nova gira em torno de R$200.

É importante também alertar que zerar o tanque do veículo pode render multa de R$130,16 ao condutor. De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), parar em uma via por falta de combustível é uma infração de trânsito média que acrescenta 4 pontos à CNH (Carteira de Habilitação Nacional). O veículo ainda pode ser removido do local e levado ao pátio.

banner app abasteça seu carro com zul maisCom o Zul+, você não tem motivos para andar de carro com o tanque na reserva. Pelo app, você já consegue abastecer o carro nos postos Shell e pagar o combustível em poucos toques (veja o passo a passo aqui). Não precisa se preocupar em pegar a carteira e nem em encostar na maquininha de cartão do frentista. Toque na imagem e baixe o app agora mesmo!

5. Acender os faróis sem necessidade;

O uso incorreto dos faróis é uma atitude que você só vai saber se alguém te avisar. Na maioria dos casos, quem é prejudicado por um farol aceso sem necessidade é o outro condutor.

Por esse motivo, é importante esclarecer aqui a maneira correta de usar os faróis:

Na estrada de manhã

À noite Na neblina Na estrada sem nenhuma iluminação
Farol de posição Farol aceso Farol de neblina aceso e de posição (farol baixo)

Farol alto

6. Deixar de calibrar os pneus;

pneu traseiro de carro vazio
O pneu vazio tem maior chance de estourar e também aumenta o consumo de combustível do veículo.

Os pneus devem ser calibrados a cada duas semanas sempre respeitando a pressão indicada no manual do proprietário. A calibragem correta permite estabilidade nas curvas e também diminui a força necessária que o motor precisa fazer para mover o veículo.

Descubra o tipo de pneu indicado para o seu carro em nosso blogpost completo sobre o assunto.

7. Confundir o câmbio automático com o manual;

Entre as 10 coisas para você nunca fazer com o seu carro, essa é especial para quem está acostumado com um carro automático ou manual e sempre faz confusão quando vai dirigir o outro. Afinal, o modo de direção muda bastante dependendo do câmbio.

Primeiro que você não precisa se preocupar em trocar as marchas no carro automático. Enquanto você estiver dirigindo, sua mão direita deve ficar bem longe do câmbio. Em segundo lugar, no carro automático, não há embreagem. Logo, seu pé esquerdo também pode ficar em repouso.

No entanto, alguns motoristas costumam alterar a marcha no câmbio manual sempre que o veículo para em uma semáforo, por exemplo. Este comportamento não é nada recomendado, já que pode danificar a caixa de câmbio do veículo.

8. Manter a mão sobre a alavanca de câmbio;

Descansar a mão direita sobre o câmbio pode danificar seriamente o sistema. Isso porque qualquer força aplicada sobre a alavanca enquanto ela estiver engrenada pode forçar a caixa de câmbio e quebrá-la. 

9. Desprezar as luzes acesas do painel;

luz do oleo do motor acesa no painel do veiculo
Caso alguma luz acenda no painel do seu veículo, como a luz do óleo, a recomendação é ir ao mecânico o mais urgente possível.

As luzes do painel do veículo servem para informar ao motorista sobre o funcionamento do carro. Acesas, elas podem indicar algo de errado no automóvel. Problemas nos sistemas de freios, lubrificação e injeção eletrônica podem ser informados através das luzes. 

Dessa maneira, é fundamental saber o que cada uma delas significa. Acesse nosso blogpost completo sobre o assunto aqui. Caso alguma luz acenda no painel do seu carro, leve o veículo a uma oficina mecânica o quanto antes.

10. Forçar a direção hidráulica.

A direção hidráulica é um dos melhores atributos do carro moderno. Mas, ela não é livre de problemas. Forçar o volante pressiona a bomba de óleo do sistema de direção hidráulica. Consequentemente, a bomba pode estourar causando vazamentos. 

E aí, você se identificou com alguma dessas 10 coisas para nunca fazer com o seu carro? Acompanhe o Zul+ também no Instagram para receber dicas incríveis de cuidado com o veículo.

banner pague o ipva do seu carro em até 12x com o Zul+