Todos os anos, motoristas do Brasil se questionam para onde vai o dinheiro do IPVA. E não é à toa. O IPVA é conhecido por ser o imposto mais caro do veículo e atrasar seu pagamento pode causar uma grande dor de cabeça para o proprietário. Vamos abordar mais sobre esses problemas ao longo deste post.

Mas, na prática, o IPVA está para o carro assim como o IPTU está para uma casa. Ou seja, é um imposto que tributa a posse de um bem. No caso do IPVA, o bem tributado é o veículo. E embora tenha sido criado em 1975 para financiar estradas e rodovias do país, hoje em dia o IPVA tem um papel muito mais flexível no orçamento público brasileiro. 

Dessa maneira, o time do Zul+ preparou este conteúdo completo para te ajudar a esclarecer melhor para onde vai o dinheiro do IPVA.

banner pague o ipva do seu carro em até 12x com o Zul+

Para onde vai o dinheiro do IPVA?

criancas entram em escola publica
A verba arrecadada com o IPVA não é só utilizada na infraestrutura rodoviária, mas também é destinada para as áreas da saúde, educação e segurança pública.

De acordo com o artigo 21 da Lei do IPVA em São Paulo, do total arrecadado pelo imposto, 20% é destinado para o Fundeb, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. Do restante, 50% é destinado para o Governo do Estado e outros 50% é destinado para os municípios onde os veículos foram registrados. É importante dizer que as cidades recebem verba proporcional a sua frota de veículos com IPVA quitado.

Depois disso, o governo estadual e as prefeituras podem utilizar a verba do IPVA como quiserem, assim também como o dinheiro de multas e do licenciamento. O valor arrecadado com esses impostos não necessariamente precisa ser destinados à manutenção de ruas, avenidas e semáforos. Na maioria dos casos, o dinheiro do IPVA acaba sendo destinado para outras áreas, como a da saúde, segurança pública e também educação

Que tal abastecer o carro sem precisar tocar na maquininha ou pegar a carteira? Acesse nosso post e saiba como.

Mas o que é o IPVA?

O IPVA é o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores e foi criado em 1975 para viabilizar a construção e manutenção de estradas e rodovias no Brasil. Seu pagamento é condição obrigatória para o licenciamento anual de carros, motos, caminhões e ônibus.

O pagamento do IPVA 2021 já começou em todo o Estado de São Paulo. Veja as datas de vencimento e como quitar o imposto via Pix ou em até 12x em nosso blogpost completo.

Qual o valor do IPVA?

O valor do IPVA e as datas de vencimento do tributo variam de acordo com o estado brasileiro e o modelo do automóvel. Isso porque o IPVA é calculado a partir de uma alíquota estadual sobre o valor de mercado do veículo. Ou seja, carros mais caros têm IPVAs mais caros. 

Porém, como foi dito anteiromente, cada unidade federativa do país é responsável por definir sua alíquota do IPVA. Em Santa Catarina e Mato Grosso, a alíquota do IPVA é de 2% sobre o valor venal de carros. Já na Bahia e no Ceará, é de 2,5%. No Distrito Federal e Paraná, 3,5%. E em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, a alíquota é de 4%.

Dessa maneira, um carro da mesma marca, ano e modelo tem diferentes valores de IPVA em cada unidade federativa. Porém, é obrigatório que o proprietário realize o pagamento do IPVA no estado onde o veículo está registrado.

Descubra a alíquota do IPVA no seu estado em nosso blogpost completo sobre o valor do tributo no Brasil.

Qual a diferença entre IPVA e licenciamento?

Se você ainda não sabe, sentimos muito em te informar: o IPVA não é a mesma coisa que o licenciamento. 

O IPVA é um imposto estadual sobre o automóvel. Já o licenciamento é uma taxa para a renovação do documento do veículo. Para você licenciar o carro, você deve pagar o IPVA. Se o IPVA estiver atrasado, você não pode ser multado. 

No entanto, você não consegue licenciar o veículo. E sem o licenciamento em dia, o seu carro correrá o risco de ser retido pela polícia em uma blitz de trânsito.

Para saber mais das diferenças entre o IPVA e o licenciamento do Detran, acesse nosso post completo aqui.

Quanto o Estado de São Paulo arrecada com o IPVA?

De acordo com a Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo (Sefaz-SP), o Governo Estadual Paulista arrecadou cerca de 16,1 bilhões de reais em 2020. 

Ao todo, mais de 14,2 milhões de veículos realizaram o pagamento em cota única (81%) ou parcelando o tributo (19%). A frota de veículos total do Estado de SP é de mais de 29 milhões de veículos segundo o IBGE.

Entenda a função de cada órgão de trânsito no Brasil em nossa matéria especial sobre o Detran, Contran e Denatran.

banner app abasteça seu carro com zul mais

O que acontece se eu não pagar o IPVA?

Ao deixar de pagar o IPVA do veículo dentro do prazo estipulado pelo calendário do seu estado, você terá que arcar com uma multa de acordo com o tempo de atraso. Essa multa são juros calculados sobre o valor do imposto do veículo e a taxa de atraso não gera pontos na CNH do proprietário

Ou seja, não pagar o IPVA não é uma infração de trânsito. Porém, deixar o IPVA atrasar impossibilita o licenciamento do veículo. E nesse caso, você pode perder o carro. 

Caso o você seja parado em uma blitz com o licenciamento vencido, o veículo pode ser retido e apreendido pela polícia até a regularização do débito. Além disso, o proprietário é multado no valor de R$293,47 com 7 pontos na carteira de habilitação.

Porém, para pagar o licenciamento é necessário que todos os outros tributos do veículo (IPVA e multas) estejam em dia. Consulte a situação do seu carro no app Zul+ e veja como pagar os impostos atrasados. 

IPVA atrasado pode gerar multa?

O IPVA atrasado gera multa sim, mas ela não é uma infração de trânsito. Ao deixar de pagar pelo IPVA, taxas de 0,33% serão somados ao valor do tributo até atingir aumento de 20% do valor, o que acontece em 60 dias e o débito entra na dívida ativa Além disso, o IPVA vencido sofre juros mensais baseados na taxa Selic.

Dessa maneira, você pode sim andar com o veículo mesmo que não tenha pago o IPVA.

Deixou o IPVA atrasar? Veja como se livrar de uma vez por todas do débito vencido e coloque as contas do seu carro em dia.

Quando vence o meu IPVA 2021 SP?

O vencimento do IPVA 2021 SP começa na quinta-feira (07/01) para carros com placa final 1 e se estende até o dia 20 de janeiro, indo de placa em placa. Confira quando vai vencer o IPVA 2021 SP do seu carro no calendário abaixo:

Mês

Janeiro Fevereiro Março
Parcela 1ª parcela ou pagamento à vista com desconto (-3%) 2ª parcela ou pagamento à vista sem desconto

3ª parcela

Placa

Dia do Vencimento Dia do Vencimento Dia do Vencimento
Final 1 07/01/2021 09/02/2021

09/03/2021

Final 2

08/01/2021 10/02/2021 10/03/2021
Final 3 11/01/2021 11/02/2021

11/03/2021

Final 4

12/01/2021 12/02/2021 12/03/2021
Final 5 13/01/2021 18/02/2021

15/03/2021

Final 6

14/01/2021 19/02/2021 16/03/2021
Final 7 15/01/2021 22/02/2021

17/03/2021

Final 8

18/01/2021 23/02/2021 18/03/2021
Final 9 19/01/2021 24/02/2021

19/03/2021

Final 0

20/01/2021 25/02/2021

22/03/2021

Confira tudo sobre o vencimento do IPVA em São Paulo em nosso blogpost completo sobre o assunto.

Como faço para pagar o IPVA 2021?

telas do app zul+ em pagamento do IPVA 2021 SP

1. Abra o app Zul+ no seu celular;

Se ainda não tiver feito o download do app, baixe o Zul+ aqui.

2. Toque em Multas, IPVA e Licenciamento;

Na home do app, procure por “Multa, IPVA e Licenciamento” e toque na tela.

3. Agora, selecione IPVA;

Toque para consultar valor do IPVA.

4. Toque em pagar e escolha a melhor opção;

No Zul+, você consegue pagar o IPVA 2021 SP em cota única com desconto via Pix ou em até 12x no cartão de crédito. 

5. Pronto! IPVA pago.

banner telas do app zul+ com pagamento de ipva