Vender o carro já foi mais difícil. Antes, você tinha que levar o veículo a uma loja de usados, ir numa feira de compra e venda ou encontrar o comprador na pura sorte do dia a dia. Porém, com a tecnologia atual, não precisa ser mais assim.

Hoje em dia, há diversas soluções na internet que simplificam o processo de venda do veículo. Empresas como Tru Veículos, Volanty, Webmotors, Mercado Livre e OLX te ajudam a vender o seu carro com segurança e praticidade. Tudo pelo computador ou celular.

banner zul+ quanto vale o seu carro hoje

A única coisa que você precisa fazer é criar um anúncio, que vai ficar disponível para milhares de motoristas que acessam diariamente essas plataformas. Dependendo da procura pelo modelo do seu carro, você consegue vender ele em poucos dias.

E para te ajudar a fazer uma boa venda, a equipe do Zul+ preparou uma série de dicas que vão desde o que colocar no anúncio até o que você precisa fazer para entregar o seu querido carro para o novo dono. Confere aí:

1. Saiba quanto vale o seu carro;

Antes de anunciar a venda do seu carro, descubra o quanto ele vale hoje. Para isso, você pode buscar o seu modelo na Tabela Fipe ou consultar no aplicativo Zul+, o que é muito mais fácil. 

No app, você encontra os valores de mercado atualizados e ainda consegue simular operações de compra, venda e até troca por outro veículo. 

banner zul+ quanto vale o seu carro hoje

É importante dizer também que qualquer consulta de valor apresenta sempre o preço médio praticado pelo mercado e serve muito mais como uma referência na hora de colocar o carro a venda. Dependendo do estado geral e dos atributos do seu veículo, você pode pedir mais ou menos.

inforgrafico de valor de mercado carro

2. Tire boas fotos;

Isso é fato. Boas imagens do carro aumentam o interesse dos compradores. Com o veículo limpo e já lavado, procure um lugar bem iluminado e fotografe diferentes ângulos.

Se você quer ter um anúncio profissional, fotos da frente, da traseira, das laterais, do painel, dos bancos, do motor e dos pneus são essenciais. Vale também ser criativo. Mostre os detalhes que você mais gosta em seu carro. 

como tirar foto de carro anuncio venda

Se você for fotografar em um ambiente aberto, como um estacionamento ou uma rua, tente tirar as fotos no começo da manhã ou no final da tarde. A intensidade da luz do sol pode atrapalhar a qualidade das imagens e, nesses horários, ela costuma  ser mais amena.

Lembre-se: aparência é importante, mas não é tudo. Não tente esconder defeitos. Mais cedo ou mais tarde, eles vão aparecer. Por isso, se o carro tiver um arranhão ou amassado, fotografe-os e esclareça no anúncio.

3. Compartilhe o anúncio em suas redes sociais;

Para quem está desesperado para vender o carro, o melhor a fazer é procurar por uma loja de semi-novos. No entanto, provavelmente não vão oferecer um valor alto pelo veículo. As revendedoras costumam pagar de 70% a 80% da Tabela Fipe. O lado bom é que você vai realizar a venda rapidamente.

Já para quem pode esperar um pouco mais e não quer perder tanto dinheiro, a melhor coisa a fazer é anunciar o veículo na internet. Na venda direta, você consegue um maior preço pelo auto mas precisa ser paciente. A oferta que você quer pode levar algum tempo para chegar.

Veja com qual plataforma de negociação você mais se identifica e anuncie seu carro. Vale também publicar a venda do seu carro nas redes sociais. Seu círculo de amigos e familiares também são potenciais compradores.

carro sendo compartilhado em varias redes sociais

Veja aqui o que fazer para valorizar o seu carro na hora de venda em nosso blogpost completo sobre o assunto.

4. Destaque aquilo que só o seu carro tem;

Em qualquer anúncio, a descrição também é fundamental. Aqui, vale ser objetivo e breve. Tente dividir o texto de descrição em duas partes. 

A primeira é onde vão as informações de maior interesse ao comprador, como: quilometragem, documentação, se é único dono ou não, última revisão, se já foi batido e os atributos de maior destaque, como pneus novos e kit multimídia. 

Já na segunda parte, escreva a sua experiência pessoal com o carro. Por exemplo, falar que ele nunca te deixou na mão gera confiança em quem estiver interessado no veículo.

5. Deixe claro os problemas do seu veículo;

Como dissemos anteriormente, não adianta tentar esconder problemas que o seu carro tem. Se a pessoa comprar, ela vai descobrir. E se ela achar que foi enganada, ela pode devolver o veículo, pedir o dinheiro de volta e até te processar por estelionato

motorista tira foto com celular de risco no carro
Transparência e honestidade são fundamentais para gerar confiança do comprador em você.

Por isso, a recomendação é arrumar o carro antes de colocá-lo à venda. Leve o veículo em uma oficina de sua confiança para realizar uma revisão na parte mecânica e também uma acabamento na lataria. Um polimento básico é capaz de tirar riscos e amassados e ainda valorizar o veículo.

Agora, se o carro tiver problemas que você não conseguiu resolver, seja sincero e honesto com o comprador. Aponte quais são os defeitos e não minta sobre o que tem de errado no seu veículo.

Veja o que especialistas recomendam na hora de escolher uma oficina mecânica de confiança em nossa matéria exclusiva sobre o assunto.

mulher sorrindo no carro com a tela do app de pagamento de ipva

6. Leia e responda atentamente cada interessado;

Embora você vá receber algumas propostas que podem parecer piada, tente ser educado e objetivo ao responder motoristas interessados. Eles podem acabar aceitando o que você pedir. Seja objetivo e firme em suas respostas. Dessa maneira, você passa credibilidade e mostra que não há espaço para indecisão.

7.  Aceitou uma proposta? Marque o encontro em um lugar seguro;

Quando surgir uma boa proposta e você aceitar mostrar o veículo para o interessado, marque o encontro em um lugar público. Estacionamentos de parques ou de shoppings centers são as melhores opções.

Se ainda estiver inseguro, convide um amigo ou parente para ir junto com você. Além de te trazer segurança, uma pessoa de fora pode te ajudar a valorizar o seu carro.

8. Faça o laudo do Detran;

Se o motorista interessado gostar mesmo do seu carro e decidir comprá-lo, o seu próximo passo é realizar o laudo de transferência do Detran. Esse laudo é uma vistoria que certifica que seu carro está funcionando e não tem um grande problema que pode surpreender o comprador.

Essa avaliação técnica deve ser realizada em uma oficina credenciada pelo Detran e seu valor varia de R$80 a R$150 dependendo da região do Brasil.

Vai trocar de carro e não sabe se compra um 0km ou um semi-novo? Acesse aqui nosso blogpost completo sobre o assunto que a gente te ajuda a decidir.

9. Só entregue o carro após receber o dinheiro;

Não aceite dinheiro em espécie e nem depósito de envelope em caixa eletrônico. Se o motorista quer comprar mesmo o seu carro, peça para ele enviar a quantia via transferência bancária (TED). É o método mais seguro para você. Dependendo do banco em que vocês têm conta, o dinheiro pode cair em questão de minutos. 

homens aperto de maos
Para fechar negócio, peça para o comprador enviar o dinheiro via transferência bancária.

10. Vá ao cartório junto do comprador;

Após o dinheiro entrar na sua conta, vá direto ao cartório junto do comprador. Lá, vocês vão assinar o recibo de transferência do veículo e reconhecer firma. Feito isso, você já pode entregar as chaves para o novo dono.

É importante dizer que é responsabilidade do cartório comunicar ao Detran a transferência do veículo. Dessa maneira, caso o novo dono seja multado, a multa não vai para você.

E aí, gostou das dicas? Baixe o app no seu iPhone ou Android e siga o Zul+ no Instagram e Facebook para ficar por dentro de tudo o que acontece com o seu carro.

banner aplicativo Zul+ tudo do carro em um único app
Estacionamento, pagamento de multas e tributos, tag de pedágio, seguro auto, valor de mercado e muito mais. Tudo do seu carro em um só aplicativo.