Acertar na compra de um carro usado não é tão simples assim. É preciso ter muita paciência até encontrar um veículo que equilibre as suas expectativas com a realidade, que é muitas vezes limitada pelo orçamento. 

Saber exatamente o que você procura e até quanto você pode gastar são os primeiros passos para não errar. Porém, a melhor compra possível de um carro usado vai muito além disso. É necessário checar as condições mecânicas do veículo e também saber se a documentação do automóvel está em dia.

Ou seja, são muitas coisas para ficar atento(a). E por esse motivo, o time do Zul+ decidiu listar 10 dicas para acertar na compra de um carro usado. Neste post, você também vai conhecer alguns truques para descobrir defeitos escondidos e fugir dos maus vendedores.

veja o valor do seu carro e de outros modelos com o aplicativo zul+

1) Decida qual modelo você deseja e quanto está disposto(a) a gastar;

Como comentamos acima, o primeiro passo para acertar na compra de um carro usado é ter dois aspectos bem definidos na cabeça: qual modelo você quer comprar e até quanto de dinheiro você está disposto a gastar.

Para definir o modelo, é preciso levar em consideração o seu perfil de motorista, suas necessidades, gostos e preferências. Por qual motivo você quer comprar um carro? 

Se for para se locomover apenas em trajetos diários, a melhor opção pode ser um Hatch popular e mais econômico. Agora, se você quer um carro para viajar com conforto, uma escolha interessante é um SUV ou um Sedan. E por aí vai. 

Já o orçamento para a compra do usado também é importante. É ele que vai te guiar na sua escolha. Tente equilibrar o que você procura em um veículo com um valor que cabe no seu bolso.

Veja quais são os carros mais vendidos em 2021, descubra quanto custam e saiba qual o valor de revisão de cada um deles.

2) Pesquise bastante até encontrar a melhor oferta;

Acertar na compra de um carro usado é como garimpar ouro. Vai levar um tempo até que você encontre a oferta ideal ou que realmente valha a pena. Então, a dica é pesquisar bastante nos sites de venda de carros como WebMotors, TruVeículos, Volanty, OLX, Mercado Livre e Carflix.

Tá na dúvida se deve ou não contratar um seguro auto? Acesse nosso blogpost e descubra qual o plano mais em conta para você.

3) Marque o encontro para conhecer o carro;

Quando você encontrar uma boa oferta e o anunciante aceitar sua proposta, marque o encontro em um lugar público. Estacionamentos de parques ou de shoppings centers são as melhores opções.

Se ainda estiver inseguro, convide um amigo ou parente para ir junto com você. Além de te trazer segurança, uma pessoa de fora pode te ajudar a valorizar o seu carro.

Não esqueça de usar a máscara e levar um álcool em gel por conta da pandemia. Para saber sobre como a mobilidade urbana foi afetada pelo coronavírus, acesse aqui.

4) Cheque a lataria do veículo e as condições do interior;

Ao encontrar com o proprietário, a primeira coisa que você vai reparar é na lataria do carro. Verifique se há muitos riscos ou amassados na pintura do veículo. Isso pode ser um sinal de mau cuidado. 

Vale também evitar comprar carros adesivados porque o adesivo pode esconder defeitos na pintura original, como manchas e ondulações, que você só vai descobrir mais tarde.

Já em relação ao interior, é importante prestar atenção nas condições dos bancos e volante. Eles podem estar bem conservados ou não. Pergunte ao dono também se o carro já foi batido ou passou por enchente

É importante que ele seja sincero com você. Porém, nem sempre encontramos pessoas dispostas a serem honestas. Então, fique atento a portas desalinhadas, irregularidades no tom da pintura e parafusos de cores diferentes porque podem significar que o veículo já passou por uma reforma mais séria.

motorista vende o carro e entrega chaves para nova proprietaria
Antes de fechar a compra de um carro usado, tenha certeza de que o veículo não irá trazer mais problemas para você.

Carros com manutenção barata são excelentes opções para quem deseja economizar seus gastos com o automóvel. Conheça os 10 modelos com revisões mais baratas no Brasil.

5) Consulte a quilometragem do veículo;

De acordo com matéria da Revista Quatro Rodas, os brasileiros rodam em média de 12.000 a 15.000 quilômetros por ano. Dessa maneira, a recomendação é desconfiar de carros com mais de 4 anos e com menos de 50.000 quilômetros. Isso pode ser um sinal de adulteração do painel de bordo.

No entanto, vale sempre perguntar para o atual dono como foi a utilização do veículo. Em certos casos, o carro pode ter sido pouco usado mesmo. Mas isso não é tão comum assim.

6) Peça para ver o manual e o histórico de manutenção;

Outro ponto fundamental para acertar na compra de um usado é consultar o manual do proprietário e também o histórico de manutenção do veículo

Se a pessoa que está vendendo o carro para você for um proprietário sério, ele deve ter bem guardado todos esses documentos. Inclusive as cartas de Recall caso o modelo tenha participado de um chamamento para reparo.

No app Zul+, já é possível registrar as trocas e revisões realizadas no veículo. Assim, você pode dizer adeus àquela etiqueta sem graça que fica no para-brisa. E ainda ajuda a valorizar o veículo criando um histórico de manutenção. Baixe já o Zul+ no seu iPhone ou Android.

7) Faça um test-drive com o carro no quarteirão;

Essa talvez seja a dica mais importante desta lista. Fazer um test-drive antes de comprar o carro é fundamental. É ele que vai dizer se você gosta mesmo ou não do carro. Por isso, peça ao proprietário para que você possa dar uma volta com o veículo no quarteirão.

A recomendação de mecânicos é que você ligue o carro na marcha lenta e escute o som do motor. Se o barulho for muito alto ou houver um ruído estranho, desconfie. Pode existir algum problema. Pressione a embreagem e mude de marcha e veja como o carro se comporta. 

Passe também por um buraco para ver a reação do veículo. Se você tiver tempo e o atual dono permitir, vale levar o veículo a um mecânico de sua confiança. Ele poderá fazer uma análise mais minuciosa e objetiva do carro.

Tem receio de pisar dentro de uma oficina mecânica? Veja como escolher uma de confiança com dicas de mecânicos especialistas.

8) Verifique os itens de segurança e as condições do estepe;

Veja quais são as condições de itens de segurança do veículo, como os pneus, o cinto de segurança e espelhos retrovisores. Se estiverem em mau estado, isso pode ser um problema. 

Vale checar também o estepe do veículo, que pode revelar muita coisa. Se os equipamentos como o macaco, chave de roda e triângulo estiverem quebrados ou faltando, mantenha um pé atrás antes de fechar o negócio.

Veja 10 coisas para nunca fazer com o carro. 

9) Verifique se os débitos do veículo estão em dia;

Uma importante certeza que você precisa ter antes de comprar o carro usado é saber se os débitos do veículo estão em dia. Não compre um veículo caso ele esteja com multas, IPVA ou licenciamento atrasados. Isso tudo pode virar uma grande dor de cabeça para você.

O documento estar em dia é fundamental para a transferência do veículo. O que pode acontecer é o antigo proprietário do carro pedir para você quitar os débitos pendentes – o que não é recomendado.

banner app zul+ pague o IPVA em até 12x

Descubra quais são os documentos necessários para transferência do veículo em nosso blogpost completo sobre o assunto.

10) Por último, faça a vistoria do Detran;

A vistoria do Detran serve para verificar a autenticidade do chassi e do motor, além dos equipamentos obrigatórios do veículo. Então, reserve tempo na sua agenda para fazer a checagem ao lado do proprietário atual.

O laudo emitido pela vistoria poderá ser usado por até 30 dias após sua emissão no processo de transferência. 

banner app zul+ seu carro mais completo