O EstaR Curitiba foi modernizado e o motorista da capital parananense já pode baixar o aplicativo oficial Zul EstaR Digital para utilização das vagas de estacionamento da cidade.

baixe o app do estar digital curitiba

O app está disponível para download nas versões para Zul EstaR Curitiba Digital para iPhone e Zul EstaR Curitiba Android e usuário já pode estacionar seu carrp no novo sistema que iniciou suas operações no dia 16 de março, segundo a URBS.

carros estacionados na rua em curitiba
A rotatividade dos carros é essencial para a organização das ruas e avenidas da cidade. Foto: Ângela Goldstein

O EstaR (Estacionamento Regulamentado), atual EstaR Eletrônico, é o sistema de estacionamento rotativo que organiza o espaço público das ruas e avenidas em Curitiba – Paraná. Adotado pela prefeitura da capital paranaense como forma de democratizar o uso do estacionamento público, o sistema gerencia as vagas do centro da cidade e de bairros próximos. Além disso, a medida promove que mais carros tenham acesso a uma mesma vaga.

Para estacionar o carro no estacionamento rotativo de Curitiba, o motorista comprava o cartão de papel. Antigamente, ele era vendido em casas lotéricas credenciadas. Cada cartão físico tinha validade de 1h e custava R$2,00, sendo o tempo máximo de permanência de 1h ou 2h dependendo da região. A fiscalização e regulamentação do EstaR é feita pela Setran (Superintendência de Trânsito de Curitiba) ao lado da URBS (Urbanização de Curitiba S. A.)

Após quase dois anos do anúncio, Curitiba implantou o novo modelo digital de estacionamento regulamentado. Agora, os motoristas da capital paranaense podem utilizar o app Zul EstaR Digital para regularizar o veículo na vaga de estacionamento.

Quando surgiu?

placa proibido estacionar carro ao lado em curitiba parana
O EstaR surge para organizar e democratizar o espaço público da cidade de Curitiba. Foto: Ângela Goldstein

O sistema de estacionamento rotativo de Curitiba, conhecido como EstaR, foi criado e regulamentado em 1° de julho de 1980 pelo decreto de n° 569/1980.  Na época de sua implementação, apenas 22 ruas faziam parte da área de abrangência do sistema.

Como é hoje?

Atualmente existem mais de 200 ruas e avenidas com vagas de Estacionamento Regulamentado. De acordo com reportagem do G1, a arrecadação da prefeitura com o sistema rotativo chega a R$1,5 milhão de reais por mês. Ao todo, são de 12.088 vagas espalhadas pela cidade com diferentes tipos de utilização.

Local 1h 2h Carga e Descarga Pessoas com deficiência física Idosos
Curitiba 442 10191 546 371 614

Com o EstaR Digital, a prefeitura estuda criar novas regiões para fazer parte do sistema de estacionamento rotativo de Curitiba. Confira aqui o mapa com as novas vagas que a prefeitura da cidade pretende criar.

baixe o app estar digital curitiba

Quanto custa e por quanto tempo vale?

O valor de um tíquete em Curitiba era de R$2,00. Com a mudança para o EstaR Eletrônico, o valor do crédito de estacionamento foi definido em R$3,00 a hora. No entanto, o sistema digital irá permitir a compra fracionada em 15 minutos, que custará R$0,75.

O crédito sempre terá o mesmo preço independente do tempo de permanência permitido no local. O que determina se ele vale por 1h ou 2h serão as placas de sinalização no local de estacionamento. Ou seja, o mesmo crédito de R$3,00 pode valer 1h em uma região de alta rotatividade em Curitiba ou 2h em um outro lugar mais calmo da cidade.

O Zul EstaR Digital já habilitou a compra dos créditos de estacionamento pelo app para que os usuários estejam preparados no dia da lançamento.

Como usar o Cartão do EstaR?

Até o dia 10 de maio, o sistema eletrônico irá conviver com os talões de papel e o motorista ainda poderá utilizar o cartão rotativo.

Nele, o motorista raspa as informações como ano, mês, dia e horário de chegada. O cartão precisa ficar visível no painel do veículo para a fácil fiscalização. Vale lembrar que antes de raspar, o motorista precisa estar atento às regras de uso do EstaR que estão nas placas de sinalização.

Algumas regras são:

  • Não é permitido rasura. Se cometer algum erro, preencha outro cartão;
  • Caso o fiscal identifique alguma irregularidade, o motorista pode receber uma aviso de notificação;
  • Mesmo se a pessoa permanecer no veículo, ainda é necessário o cartão de identificação.

Saiba como ainda funciona a regularização da Multa EstaR Curitiba e veja como ela será com o novo modelo digital de estacionamento rotativo da cidade aqui.

Regularização da notificação

Atualmente, caso o motorista estacione em uma das vagas do EstaR de maneira irregular, ele receberá um aviso de notificação. Esse aviso é emitido pelo agente de trânsito quando este constata que não há cartão no painel do veículo ou identifica erro no preenchimento do cartão de estacionamento rotativo.

Segundo decreto n° 410 da prefeitura de Curitiba, o motorista recebe essa notificação caso seu veículo não esteja com o Cartão do Estar, raspe errado alguma informação ou esqueça de marcar o ano, dia, mês, hora e minuto de chegada. A notificação serve para alertar o condutor sobre a irregularidade de seu carro e dá o prazo de 5 dias úteis para o motorista normalizar a situação.

Até o início do EstaR Eletrônico, a regularização ocorria por meio da compra de um talão de 10 folhas de cartões comuns no valor de R$22,00. O motorista que fosse notificado deveria levar o Aviso de Infração a uma das Lotéricas de Curitiba até a data limite, e comprar um talão. Caso o prazo de 5 dias úteis se encerrasse sem regularizar a situação, o motorista seria autuado.

Veja nosso blogpost completo sobre como pagar a Multa EstaR Curitiba.

Com a modernização do EstaR, o motorista de Curitiba ainda pode contar com a espécie de “segunda chance”. No entanto, a taxa de regularização passou a custar R$30,00. De acordo com o presidente da URBS, Ogeny Maia Neto, a regularização da multa do EstaR também ficou digital e o motorista notificado deverá pagá-la através do site da URBS. O condutor não receberá mais o talão de papel com 10 cartões ao regularizar a multa do EstaR.

De acordo com o artigo 181, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a multa por estacionar em desacordo com as regras do local é grave, de 5 pontos e tem valor de R$195,23.

Aplicativo EstaR Curitiba

O EstaR Digital começou a funcionar em Curitiba no dia 16 de março. Com o novo modelo, o cartão de papel foi substituído e o motorista pode ativar o estacionamento através do app Zul EstaR Digital. O aplicativo está disponível para download nas versões para iPhone e Android.

Com o app, o motorista poder ativar o crédito digital de estacionamento de maneira rápida, fácil e segura de onde estiver.

Pagamento fracionado a cada 15 minutos

Além disso, o motorista não precisa mais pagar pela hora inteira de estacionamento caso saia da vaga antes do término do cartão. A partir de agora, o usuário do EstaR Digital é cobrado de maneira fracionada a cada 15 minutos ao final da utilização.

Ou seja, caso o veículo estacione por apenas 30 minutos, o motorista será cobrado apenas pelos 30 minutos, e não pela “hora cheia”. O valor do crédito de uma hora passará a ser de R$3,00, e a fração de 15 minutos custará R$0,75.

O app Zul EstaR Digital também informa o tempo restante após ativar o cartão digital. Se o motorista desejar (e for possível de acordo com a regra), ele poderá prolongar o período por mais 1h direto pelo celular, sem precisar voltar à vaga onde está seu carro.

É importante dizer que, ao estacionar, o motorista deve ficar atento às regras nas placas de sinalização do local. Se o veículo estiver estacionado de maneira irregular, ele será autuado e notificado.

Veja como o novo EstaR vai funcionar em Curitiba em nosso blogpost completo sobre o assunto.

Onde comprar?

Com o novo modelo, a compra e a ativação do crédito de estacionamento regulamentado de Curitiba poderão ser feitas pelo Zul EstaR Digital, aplicativo oficial e credenciado pela URBS. O motorista da capital paranaense poderá comprar e ativar o EstaR pelo próprio celular.

Vale lembrar que, caso o motorista não tenha celular, ele poderá comprar o EstaR Curitiba em pontos de vendas autorizados. Anteriormente, os cartões físicos eram vendidos exclusivamente em casas lotéricas da cidade e a nova proposta é levar a venda dos créditos para outros comércios como bancas, lojas, bares e lanchonetes.

No sistema digital, não será necessário colocar qualquer comprovante físico no painel do veículo ao estacionar, já que a fiscalização do EstaR também ficará eletrônica.

Durante a fase de implantação, o agente de trânsito de Curitiba irá procurar primeiro pelo cartão no painel do carro. Caso não encontre, o agente consultará a placa do veículo em sua plataforma digital para verificar se o carro está com o crédito digital de estacionamento ativado.

A cidade de Curitiba adota uma solução urbana inteligente e segue o exemplo de outras grandes cidades brasileiras que já implantaram o sistema digital de estacionamento rotativo como São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, entre outras.

Entenda como funciona o sistema de estacionamento rotativo digital já adotado em grandes cidades do Brasil.

Quando começa o EstaR Eletrônico?

Linha do Tempo

Confira a data de início do novo modelo de Estacionamento Regulamentado em Curitiba e saiba até quando o cartão de papel será aceito:

10 de fevereiro

Início da colocação das novas placas de sinalização do EstaR Digital nas ruas e avenidas de Curitiba. Ao todo, são 3.500 novas placas que devem ser implantadas até o dia 10 de maio.

16 de fevereiro

Entrega da plataforma municipal de funcionamento do EstaR Digital.

De 16 de fevereiro até 16 de março

Período de treinamento dos agentes de trânsito da Setran em Curitiba com o novo modelo de estacionamento rotativo da capital paranaense.

16 de março

Lançamento do EstaR Digital. A partir do dia 16/03, o motorista já poderá ativar o estacionamento rotativo pelo aplicativo ao utilizar o EstaR.

10 de maio

A partir do dia 10 de maio, não serão mais aceitos os cartões de papel do EstaR. Até lá, os talões de papel e os aplicativos coexistirão em Curitiba.

10 de junho

Data final para troca dos antigos cartões de papel do EstaR por créditos digitais de estacionamento. A troca deverá ser feita nas sedes da URBS (Rodoferroviária de Curitiba) ou da Setran (Benjamin Constant, n°157, Centro), e nas Ruas da Cidadania.

31 de julho

Como nem todos motoristas conseguiram agendar o atendimento e as medidas restritivas foram endurecidas em Curitiba, a URBS decidiu prorrogar mais uma vez o prazo para a troca dos talões do EstaR. Agora, o curitibano tem até o dia 31 de julho para agendar o atendimento, comparecer à sede da autarquia e trocar os blocos de papel restantes.

Veja como agendar o atendimento para a troca dos talões do EstaR em nosso blogpost completo sobre o processo.

Baixe o app Zul EstaR Digital e conheça a melhor solução para o estacionamento rotativo de Curitiba na palma da sua mão!

Cartão Credencial para vagas especiais

Existem vagas de estacionamento rotativo de Curitiba exclusivas para idosos e pessoas com deficiência. Para o uso delas é necessário o Cartão Credencial, que autoriza estacionar o veículo nas vagas especiais. Essas vagas estão devidamente sinalizadas e demarcadas com a legenda de “IDOSO” ou com o Símbolo Internacional de Acesso.

De acordo com o Setran, a criação de vagas exclusivas para idosos e pessoas com deficiência em Curitiba respeita a Resolução do CONTRAN n°308 de 2008 que regulamenta as áreas de estacionamento específico de veículos.

Com o EstaR Digital, as vagas especiais do estacionamento rotativo de Curitiba também fazem parte do sistema eletrônico. Dessa forma, quem for estacionar em uma dessas vagas pode contar com Zul EstaR Digital. O app tem excelente usabilidade para idosos e pessoas com mobilidade reduzida.

Para a emissão do Cartão de Idoso é necessário um documento de identificação como o RG ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Também é necessário um comprovante de residência registrado no nome da pessoa que deseja ser credenciada. A Credencial de Idoso pode ser emitida tanto pessoalmente indo até o Setran quanto via internet no site do Governo Digital do Paraná.

baixe o app do estar digital curitiba

Já a emissão da Credencial de Pessoa com Deficiência, só acontece pessoalmente. É necessário uma declaração médica que comprove o grau de deficiência ou dificuldade de locomoção (pode ser o laudo médico do Detran). Além disso, o RG, a CNH ou qualquer outro documento de identificação também é obrigatório, assim como na Credencial de Idoso.

Para as credencias feitas pessoalmente nas sedes da Setran, a emissão é feita na hora. A pessoa chega, apresenta os documentos e sai com o cartão no mesmo dia. A credencial tem validade máxima de 5 anos em todo território nacional. Os cartões de pessoas com dificuldade de locomoção podem ter menor validade.

A única pessoa que pode utilizar a credencial que garante acesso às vagas especiais é o titular. Deve ser utilizada a autorização correta nas vagas determinadas pelo cartão. Ou seja, o idoso não pode estacionar na vaga de deficiente físico, e vice-versa.

Vale lembrar que a credencial não isenta os idosos e pessoas com deficiência do pagamento do crédito digital do EstaR, e as regras de uso, como horário de permanência, também são mantidas. A identificação especial também deve ser utilizada em estacionamentos privados, como em shopping centers e supermercados.

Estacionar o carro em vaga especial sem a utilização da credencial é infração gravíssima e o motorista será punido. De acordo com o artigo 181, do CTB, ocupar vagas reservadas para idosos ou pessoas com deficiência sem identificação gera multa de 7 pontos na CNH e custa R$293,47.

O Zul EstaR Digital chegou em Curitiba e o download já está disponível para as versões de iPhone e Android. Baixe já e tenha o app oficial para utilização das vagas de estacionamento rotativo da capital paranaense.