O aumento do combustível é um pesadelo para qualquer motorista. Quem tem carro sabe exatamente o quanto pesa no bolso cada centavo a mais por litro. Nesse caso, não é à toa que o abastecimento é o principal gasto de todo motorista. No entanto, não há muito o que fazer. O cenário no Brasil é esse e a gasolina, o diesel e o etanol estão cada vez mais caros. 

E se você ainda não ficou sabendo, no último dia 2 de março, passou a valer o novo reajuste nos preços dos combustíveis anunciado pela Petrobras. Esse é o quinto aumento apenas neste ano. De janeiro até março de 2021, o preço da gasolina teve alta de 41,3% e o diesel aumentou em 34,2% nas refinarias de todo o Brasil. 

Mas para te deixar por dentro do que está acontecendo e te mostrar como você pode economizar em tempos tão difíceis, o time do Zul+ preparou esta matéria com tudo o que você precisa saber sobre o aumento do combustível no Brasil.

banner app abasteça seu carro com zul mais

Por que a gasolina está cara?

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que o preço da gasolina e do diesel aqui no Brasil estão diretamente relacionados ao valor do barril de petróleo no mercado internacional. 

Embora a Petrobras forneça combustível para todo o país, a empresa também exporta petróleo. É daí de onde vem seus maiores lucros. Dessa maneira, ela precisa respeitar os valores praticados pelo mercado com o objetivo de se manter competitiva. 

Mas não é só isso. Também precisamos entender outros dois fatores que explicam a alta nos combustíveis fósseis aqui no Brasil. Houve uma grande desvalorização do Real (R$) frente ao Dólar (US$) e o valor do barril do petróleo se recupera após uma queda com a pandemia do coronavírus.

Ou seja, com o Real (R$) desvalorizado e o petróleo em alta, não haveria outra perspectiva. O preço do combustível aqui no Brasil só poderia aumentar.

pequeno barril de petroleo derramado sobre notas de dólares ao lado de equipamento de refinaria
Em dezembro de 2020, 1 barril de petróleo custava US$51 (com cotação do dólar em R$5,30). Já na primeira semana de março de 2021, o barril do petróleo está custando US$64 (com cotação do dólar em R$5,76).

Quanto vai ser o aumento da gasolina?

Com o último reajuste da Petrobras, o litro da gasolina passa a custar R$2,60 com aumento de R$0,12 (ou 4,8% em comparação com fevereiro/2021). Já o diesel passa a custar R$2,71 com aumento de R$0,13 (ou 5% em comparação com fevereiro/2021).

Vale lembrar que esses novos preços definidos pela Petrobras são referentes ao combustível nas refinarias (de onde se extrai o petróleo) e são diferentes dos preços destinados aos consumidores. 

Os valores que você vê na bomba de combustível quando vai abastecer já estão somados aos impostos e também à taxa de revenda da distribuidora. Dessa maneira, não é arriscado afirmar que, com o reajuste da Petrobras, o preço do combustível no fundo do funil ficará mais caro. 

De acordo com relatório da Agência Nacional do Petróleo (ANP), até o dia 20 de fevereiro de 2021, o preço médio por litro praticado nos postos de combustível em todo o Brasil foi de R$4,92 para a gasolina comum, R$5,05 para aditivada e R$3,94 para o diesel S10. 

Segundo análise do portal Quatro Rodas, se o reajuste for repassado integralmente, a gasolina pode chegar a R$5,60 nas bombas de todo o Brasil. Já a gasolina aditivada pode chegar a R$5,76.

Vai abastecer o seu carro? Veja como identificar a qualidade do combustível no posto de gasolina mais próximo.

Histórico de preço dos combustíveis no Brasil em 2021

Confira abaixo a evolução e o histórico da média dos preços dos combustíveis (gasolina, etanol e diesel) no Brasil nos últimos meses.

Gráfico da evolucao do preco de combustivel entre dezembro de 2020 e marco de 2021
Evolução do preço dos combustíveis no Brasil entre os meses de dezembro de 2020 e março de 2021.

Quando foi o último aumento da gasolina?

Antes do reajuste de março de 2021, o último aumento da gasolina havia sido feito no dia 19 de fevereiro de 2021. Na época, o preço de venda da gasolina nas refinarias sofreu reajuste de R$0,23, saltando de R$2,22 para R$2,48.

Qual o melhor tipo de combustível? Entenda as diferenças entre etanol, gasolina, diesel, comum e aditivada em nosso blogpost completo sobre o assunto.

Qual o preço da gasolina na refinaria?

Atualmente (março/2021), o preço da gasolina na refinaria é de R$2,60 por litro. Já o diesel está custando R$2,71. Veja abaixo o histórico da evolução do preço da gasolina e do diesel nas refinarias de todo o Brasil:

Preço da gasolina e do diesel nas refinarias – Petrobras

Data Gasolina

Diesel

29/12/2020

R$1,84 R$2,02
18/01/2021 R$1,98

R$2,03

27/01/2021

R$2,08 R$2,12
09/01/2021 R$2,22

R$2,24

19/02/2021

R$2,48 R$2,58
01/03/2021 R$2,60

R$2,71

Como é a composição do preço dos combustíveis?

Como você pode ver ao longo do texto, o preço da gasolina na bomba de combustível é bem mais caro do que o valor na refinaria. E essa diferença é justificada por três razões: impostos, adição de outros combustíveis à mistura e taxas de revenda e distribuição. 

Quais são os impostos sobre o combustível no Brasil?

Tributos Federais:

  • Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Confins).

Todos esses tributos federais são cobrados como um valor fixo em cada litro no momento em que o combustível sai da refinaria da Petrobras. Já ao chegar nas distribuidoras, o combustível passa a sofrer a incidência de impostos estaduais e taxas de revenda (que estão associadas ao lucro dos postos e distribuidoras).

Tributo Estadual:

  • Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), cujas alíquotas variam de 12% a 35% dependendo do estado.
mangueira de combustivel no carro
Cerca de 29% da composição do preço da gasolina é o valor definido pela Petrobras. Os impostos federais e estaduais representam cerca de 44% do preço final do litro.

Por que o etanol também ficou mais caro?

Existem algumas razões que explicam por que o etanol também ficou mais caro no Brasil em 2021. 

O primeiro motivo é obviamente a pandemia do coronavírus. Com as medidas de restrições adotadas no início da quarentena, o preço dos combustíveis despencou e só agora as empresas estão recuperando os prejuízos.

Já a segunda razão é a alta do açúcar no mercado mundial, que levou muitos produtores de cana-de-açúcar daqui do Brasil a optarem por produzir o alimento ao invés do etanol.

O terceiro motivo para que o etanol também ficasse mais caro no Brasil pode ser justificado pela época do ano. Estamos na fase de entressafra da cana-de-açúcar. A intensa produção do vegetal ocorre principalmente entre os meses de abril e novembro. 

O quarto motivo é o aumento da procura por álcool gel no mercado. E em quinto lugar está a alta da gasolina que consequentemente aumentou o interesse dos motoristas em abastecer com etanol.

Conheça os 10 carros mais econômicos do Brasil em 2021 aqui.

O que fazer para economizar combustível?

Você provavelmente vai sentir no bolso a alta da gasolina, do etanol ou do diesel na próxima vez em que for abastecer. Porém, há alguns truques que podem te ajudar a economizar combustível. 

É importante alertar que as dicas a seguir não vão transformar o seu carro no automóvel mais econômico do mundo, mas podem fazer o tanque do seu carro render mais.

1) Manutenção em dia;

Filtros de ar e de combustível e velas de ignição velhas aumentam o consumo do seu carro. Os filtros são responsáveis por impedir o acúmulo de resíduos que prejudicam o rendimento do motor. Já as velas fornecem a faísca na partida do motor. Se ela for antiga, é muito provável que ela esteja com intensidade baixa queimando combustível à toa. Saiba como revisar essas partes do carro aqui.

2) Pneus calibrados;

Se você ainda não sabe, é bom que saiba agora: pneu murcho aumenta o consumo de combustível do carro. Isso acontece porque a área de contato da borracha com o solo do pneu murcho é maior do que a de um pneu calibrado. Dessa maneira, o atrito de um pneu com o asfalto é maior quando ele está vazio. E nesse caso, o motor vai precisar trabalhar mais (consumir mais combustível) para fazer o veículo andar. Por esse motivo, calibre os pneus do seu carro a 15 dias. Não esqueça do estepe.

3) Evite levar muito peso no carro;

Aqui a conta é simples: quanto mais pesado o carro tiver, mais força o motor vai precisar fazer para tirar o veículo do lugar. E quanto mais força o motor fazer, mais combustível ele vai consumir. Então, não use o seu carro como um armário para guardar objetos pesados. Tente sempre manter os bancos traseiros e o porta-malas vazios para economizar combustível.

4) Mude as marchas no momento certo;

Evite andar com o motor em altas rotações. O recomendado é sempre manter entre 2000 até 3000 RPM. Ao ultrapassar essa marca, a troca de marcha já pode ser realizada. Por isso, não pise fundo no acelerador do seu carro. 

Se quiser saber mais dicas sobre como economizar combustível, acesse aqui.

banner mulher sorrindo dentro do carro e celular no app zul+ com texto seu carro mais completo
Combustível, tag de pedágio, estacionamento, seguro auto, multas, tributos e muito mais. Tudo o que o seu carro precisa em um só lugar. Toque na imagem e baixe o Zul+.