Zul Digital

Zul Digital


Aplicativo credenciado pela prefeitura para compra e uso das vagas de Estacionamento rotativo e Zona Azul. Praticidade e segurança na hora de comprar o Cartão Azul Digital.

Campartilhe


10 dicas para evitar o trânsito

Zul DigitalZul Digital

Confira dicas para evitar o trânsito e melhorar a qualidade de vida nas grandes cidades

grande congestionamento em avenida
Longos congestionamentos fazem parte da realidade de quem vive nos grandes centros urbanos

Cada vez mais, as pessoas desejam evitar o trânsito, um dos principais problemas urbanos da atualidade. Seja para poder sair um pouco mais tarde ou para chegar mais rápido no destino, as pessoas querem fugir dos congestionamentos.

Devido ao alto número de veículos nas grandes cidades, é quase impossível não passar algum tempo parado em alguma avenida. Mas, mesmo neste contexto, ainda existem algumas maneiras de driblar o congestionamento e evitar o estresse causado pelo trânsito.

E uma das formas mais eficazes de diminuir o trânsito é com a mudança no comportamento do motorista. E isso inclui todos, inclusive você. As dicas que estão aqui podem fazer com que você evite engarrafamentos e o estresse causado por ele, mudando a sua relação com o carro.

1 - Faça a revisão do carro antes de sair

Carro quebrado é uma das principais causas de engarrafamento. Cheque os pneus, o motor, os freios e o nível do seu veículo para não passar por nenhum problema. Veja também a quantidade de combustível no tanque para o carro não parar no meio do caminho, prejudicando o tráfego da via. Com tudo certo, você consegue se locomover em segurança sem se atrasar.

boneco conserta motor do fusca vermelho
Sempre que tiver a oportunidade, verifique o nível do óleo e a calibragem dos pneus

2 - Planeje um horário para sair

Se vai pegar o carro e precisa chegar no trabalho, na faculdade ou em qualquer outro lugar, tenha um horário em mente para sair. Se precisa sair de manhã, e o destino é longe, acorde antes do que de costume e saia mais cedo. Programar-se é essencial para não se atrasar caso imprevistos aconteçam.

3 - Evite horários de pico

Os horários de pico são os horários de maior fluxo de veículos nas ruas e avenidas da cidade. É o momento em que a maioria da população sai de casa para ir ao trabalho ou para a escola, ou vice-versa.

vidro do carro molhado no transito
Em horários de pico, o motorista já entra no carro pensando no congestionamento que irá enfrentar

Por isso, sair em um horário alternativo é uma solução viável para evitar o trânsito caótico. Seja mais cedo ou mais tarde, organize novos horários em sua agenda para sair de carro.

4 - Fique por dentro da situação do trânsito

Antes de sair com o carro, atualize-se sobre a situação das ruas e avenidas da cidade. Essas informações estão disponíveis no noticiário e na internet. Aplicativos como Waze e Google Maps podem mostrar a condição atual do trânsito em determinado momento.

O rádio é o veículo que traz as informações mais “quentes” e atualizadas sobre o trânsito. Por esse motivo, continue escutando as notícias enquanto estiver dirigindo.

5 - Procure por rotas alternativas

Encontre maneiras diferentes para ir ao mesmo lugar. Rotas alternativas podem ser uma ótima solução para driblar o congestionamento. Às vezes, é melhor optar por um percurso mais longos em um caminho diferente do que enfrentar o trânsito pela rota principal.

rodovias interligadas a noite
Ainda assim, tome cuidado para não se perder em um caminho alternativo que nunca fez

Waze e Google Maps oferecem esse serviço. Além de trazer informações atuais sobre a condição do trânsito, eles mapeiam algumas rotas alternativas e informam o tempo de chegada. Os apps também mostram as regiões em que você enfrentará mais engarrafamento. No Waze, o motorista consegue compartilhar informações com outros usuários.

6 - Mantenha um ritmo equilibrado

Em avenidas de grande fluxo de veículos, mantenha uma mesma velocidade. Não cole na traseira do motorista da frente, mas também não dirija muito lento. Assim, a fluidez do trânsito será mantida, mesmo que devagar.

motorista no carro na ponte andando
Andar dentro do limite de velocidade faz com que o fluxo melhore e não crie congestionamentos evitáveis

Há engarrafamentos causados pela diferença de velocidade dos motoristas de uma mesma via. É o que o jornalista Joseph Stromberg, da Vox, classifica como congestionamento fantasma. De acordo com ele, é o trânsito que se forma do absoluto nada.

Ele afirma que quando há muitos carros em uma mesma via, qualquer mínima interrupção do fluxo pode causar uma reação em cadeia. Ou seja, quando um veículo freia, o que está atrás dele, também freia. Essa simples brecada faz com que gere uma onda de lentidão como consequência.

Para entender o culpado pelos chamados congestionamentos fantasmas, pesquisadores da Universidade de Nagoya, no Japão, fizeram um experimento em que 22 motoristas dirigiam a uma mesma velocidade em uma pista circular. Porém, há um momento em que um dos veículos reduz sua velocidade, e isso faz com que o fluxo do tráfego se altere.

Confira a experiência do congestionamento fantasma no vídeo abaixo:

Em resumo, o estudo mostra que a culpa do trânsito fantasma é do próprio motorista. A pesquisa mostra que esse tipo de congestionamento costuma ocorrer quando motoristas dirigem mais rápido e depois freiam bruscamente para evitar colisões, o que gera essa reação em cadeia chamada engarrafamento.

Uma das soluções, para tentar acabar com os congestionamentos fantasmas, é reduzir a velocidade máxima permitida nas avenidas de maior fluxo de veículos. Além disso, é recomendado manter uma distância segura em relação ao carro da frente e ao veículo de trás.

7 - Não tire seus olhos do trânsito

Manter-se atento ao trânsito é essencial para não gerar congestionamento e nem causar um acidente. Então, se concentre quando for dirigir para não criar problemas.

Muitos motoristas, quando estão no trânsito, costumam utilizar o celular nos intervalos em que ficam parados. Mas o que não eles não sabem é que, mesmo na espera do semáforo verde, é proibido o motorista utilizar o celular.

motorista utiliza celular dentro do carro
Segundo a Organização Mundial da Saúde, o risco de acidente aumenta em 400% a partir do momento que o motorista utiliza o celular.

De acordo com o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro, é infração gravíssima o condutor manusear um telefone celular dentro do carro. Então, apenas dar uma olhadinha nas redes sociais ou trocar a playlist enquanto dirige, não é permitido porque pode causar um acidente devido à falta de atenção.

Mas não é só o celular que pode atrapalhar a concentração do motorista. Alimentos ou bebidas grandes também são responsáveis por desviar a atenção do condutor e causar acidentes evitáveis.

Comer dentro do carro é um costume de muitas pessoas que correm contra o tempo, mas o ato impede que o motorista mantenha as duas mãos no volante. Assim, seus movimentos ficam mais lentos e atrasados, o que não é seguro para o trânsito. Se que matar a fome dentro do veículo, estacione o carro em algum lugar para não provocar nenhum problema.

8 - Tenha tudo acessível

Ficar procurando por coisas debaixo do banco, dentro da bolsa ou no painel do veículo enquanto dirige, pode tirar a atenção do condutor.

motorista entrega documento dentro do carro
Deixe sua carteira, o documento do veículo, água e outras coisas que podem ser necessárias próximas de você

Para não tirar o olho do trânsito, deixe tudo o que for precisar bem próximo de você. Se vai ter que pagar algo, tenha sua carteira acessível. Se precisar algum documento, deixe ao seu lado. Assim, evitará acidentes, e, por consequência, trânsito.

9 - Ao estacionar, sinalize

De acordo com o livro “The High Cost of Free Parking”, do pesquisador da Universidade da Califórnia, Donald Shoup, 34% dos congestionamentos nas metrópoles são provocados por veículos que circulam procurando por vagas de estacionamento.

motorista parado no transito por do sol
É muito comum ficar rodando até encontrar uma vaga disponível

Então, quando for estacionar seu carro em uma vaga pública, sinalize com antecedência. Os motorista que estiverem atrás de você, estarão informados sobre seu desejo de realizar uma baliza.

Conheça a Zona Azul, sistema de estacionamento rotativo adotado no Brasil e no mundo.

10 - Procure outras alternativas de transporte

Cada vez mais, o uso do carro como um transporte individual causa problemas para a mobilidade das grandes cidades. Para solucionar esse grave problema, que atinge a qualidade de vida de muitas pessoas, meios de transporte alternativos surgem como uma opção na locomoção do dia-a-dia.

pessoas sentadas no onibus
Ao levar muitas pessoas, o transporte público desafoga o trânsito e possui faixas exclusivas nas ruas e avenidas importantes

O transporte público, como metrô e ônibus, é uma das opções, embora a qualidade do serviço deixe a desejar. A frota é menor do que a demanda e a manutenção não é tão criteriosa. Porém, ao utilizar um transporte compartilhado e público, você estará exercendo sua cidadania. Além disso, contribui para o meio ambiente.

Em horários alternativos, o transporte público aparece como a melhor opção já que você não precisa se preocupar em tomar cuidado durante a viagem ou onde irá estacionar. É só entrar e esperar seu ponto.

patinetes estacionados na calçada
Locomover-se pela cidade está cada vez mais acessível e fácil

Em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, aplicativos de bicicletas e patinetes elétricos estão disponíveis para a utilização. A chamada micromobilidade mostra-se como uma solução fácil, prática, moderna e sustentável para viagens curtas, como de uma estação até o trabalho.

Estacione de forma rápida, fácil e segura com o Zul Digital. Baixe já:

Comentários